LER É UM PASSO PARA CRESCER!
RSS

terça-feira, 15 de junho de 2010

AVENTURA DA FORMIGA TITA ( Capítulo XI)

Tschh… Tschh… Tschh…
      - Ui que medo! Que será aquela nuvem e aquele barulho? - Sussurrou a Tita muito encolhida e assustada. – Será trovoada? Ai que eu tenho tanto medo!
      - Calma disse a borboleta Lulu. Não tenhas medo! Acho que já sei o que é…
      - Então diz o que é?! O que é?
      - É uma nuvem de gafanhotos!
      - Tens a certeza? – Disse uma das abelhas. – É assustadora!
      - Sim, disse a borboleta Lulu mas há por aqui perto uma aldeia que tem um quartel de gafanhotos. São bombeiros muito prestáveis. Mas o que farão eles por aqui? Não vejo nenhum incêndio…
      De repente os gafanhotos começaram a pousar. Na frente vinha o bombeiro Tomé que trazia às costas os pais da Tita.
      Felizes, radiantes e mais descansados os pais e a Tita encontraram-se de novo.
      Depois de muitos abraços e beijinhos os pais disseram:
      - Filha, estamos tão contentes por estares viva! Pregaste-nos um grande susto!
     - Estou muito feliz por vos ver! - Disse a Tita emocionada, abraçando os pais e agradecendo aos gafanhotos.
      Depois despediram-se dos gafanhotos e estes foram-se embora porque já tinham feito o seu trabalho ali e tinham recebido uma chamada urgente. Tinham de partir, pois o trabalho dos bombeiros nunca acaba.
     As abelhas disseram que os podiam levar a casa pois o sol já brilhava de novo e elas podiam realizar o que tinham prometido, mas não sem antes visitar a Melzina, a doceira das abelhas, que lhes ofereceu mel.
     - Pai, Mãe! – Exclamou a Tita – Olhem a minha amiga Lulu! Ela deixou tudo para vir comigo…
     A mãe da Tita abraçou a Lulu e disse - Ela é mesmo uma grande amiga!
     - A borboleta Lulu vai connosco. Vamos ter com a Lili, que deve estar muito aflita e fazer um piquenique com o mel docinho e dourado, que as amigas abelhas nos ofereceram. – Anunciou o pai.
     - Vamos todos abraçar a Lili e ir para o jardim das rosas coloridas e das orquídeas brancas da nossa casa.
      Finalmente as abelhas conseguiram levá-los para casa.
      Tita disse aos pais que tinha aprendido a lição, que tinha tido muito medo e aprendido muito.
      Prometeu que nunca mais voltaria a sair de casa sem autorização do pai e da mãe.

Alunos do 2º ano, EB1 de Senhora – Vila Cova.

0 comentários:

Publicar um comentário